Megamax.com                     Megamax Top                 Estilo Vip Net

Lojas confiáveis para comprar pela internet

Logo_Homepage     Logo_Homepage     Logo     Logo 120x60     logo Logo_Homepage     Logo     Logo_Homepage     Logo Avon     Logo Logo     Logo_Homepage     Logo     Logo_Homepage     Logo - Homepage

O Galaxy Gear 2 é um relógio da Samsung que tem algumas funções inteligente

O Galaxy Gear 2 é um relógio da Samsung que tem algumas funções inteligente






O Galaxy Gear 2 é um relógio da Samsung que tem algumas funções inteligentes, como exibir notificações do seu smartphone, monitorar a quantidade de passos que você dá e até mesmo o seu batimento cardíaco. Com ele, é possível ver se o e-mail que você acabou de receber é algo importante ou apenas um alerta de rede social sem precisar tirar o celular do bolso e desbloquear a tela para isso. O pareamento com o smartphone acontece por Bluetooth 4.0, conexão que tem a capacidade de transmitir dados para outros dispositivos.
O relógio tem uma tela pequena mas funcional de apenas 1,63 polegada. Além do sensor de batimentos cardiais, há mais duas novidades em relação à primeira edição do smartwatch: a possibilidade de trocar de pulseira e um ganho na resolução das fotos tiradas com a câmera.

O design do produto em si não mudou muito, exceto pelo posicionamento da câmera, que agora fica no relógio e não mais na pulseira.
O smartwatch também sofreu algumas alterações em suas dimensões e peso, apesar de ficar quase que imperceptivelmente maior, também ficou mais fino (3,7 x 5,8 x 0,9 cm), uma diferença de 5 gramas a menos no peso (67g x 73g, com pulseira. O aparelho não é pequeno, mas chega a lembrar as tecnologias dos filmes de James Bond. Afinal, ter uma câmera no pulso é algo inusitado, não?
O sensor de batimentos cardíacos fica na parte de trás da tela e o desempenho do monitoramento pode ser melhor se ele estiver com o display virado para baixo.
A compatibilidade do aparelho, entretanto, é o seu ponto fraco, já que ele só funciona com smartphones da Samsung. São eles:

- Samsung Galaxy S5
- Galaxy Grand 2
- Galaxy Note 3
- Galaxy Note 3 Neo
- Galaxy Note 2
- Galaxy S4
- Galaxy S3
- Galaxy S4 Zoom
- Galaxy S4 Active
- Galaxy S4 mini
- Galaxy Mega 6.3
- Galaxy Mega 5.8
- Galaxy Note 10.1 (2014 Edition)
- Galaxy NotePRO (12.2)
- Galaxy TabPRO (12.2/10.1/8.4).

Para fazer o pareamento é preciso fazer o download do app na Samsung Apps (35mb), vale a pena lembrar que enquanto pareado via bluetooth com um dispositivo, é preciso reiniciar o Gear para parear com outro dispositivo, todos os dados na memória do Gear são apagados. No momento em que realizamos o teste, o Gear tem compatibilidade com os seguintes aparelhos:
Por meio do aplicativo Gear Manager, instalamos e sincronizamos aplicativos para receber notificações, é possível visualizar notificações do WhatsApp, Facebook Mensager, Twitter, SSM e e-mails. Não é possível digitar uma mensagem de resposta diretamente pelo smartwatch, porém há algumas respostas pré-selecionadas do tipo: “O que está acontecendo?”, “Ligo mais tarde”, “Sim” e “Não”, também é possível responder com emotions, ou, a opção mais fácil, ditar uma resposta via S-Voice.
Vale a pena lembrar que não é possível fazer chamadas de voz pelo smartwatch, ao discar um número, a ligação é redirecionada para o smartphone.
Samsung Galaxy Gear 2 ganha sensor de batimentos cardíacos

Usabilidade
Assim como na sua versão passada, apesar da tela relativamente pequena (não para um smartwatch), navegar entre os menus não é tarefa difícil, a adição do botão físico de “home screen” facilita muito, apesar da resolução da tela ser baixa, os movimentos laterais funcionam bem, assim como o movimento partindo de cima para baixo, que funciona como um “voltar”. Por outro lado, a sensação estranha ao fazer uma foto ou gravar um vídeo permanece mesmo com a mudança de posição da câmera.
A usabilidade do pedômetro e sensor de frequência cardíaca também pode ser questionada, dependendo do movimento dos braços que se faz durante uma caminhada ou corrida, é possível perceber diferença na contagem dos passos. Houve também discrepância de 10 a 20 BPM em medições seguidas de batimentos cardiais. O bacana é que há um histórico de medições criado automaticamente.
Vale lembrar que o Gear 2 não possui entrada P2 para fones de ouvido, para ouvir músicas direto de seu player, é preciso um fone Bluetooth ou ouvir pelo seu pequeno speaker integrado (o que não é uma boa ideia, o volume é baixo). Ele também não possui conexão micro USB, para recarregá-lo ou conectá-lo a um PC ou notebook é preciso plugar um pequeno suporte na traseira do dispositivo, vale lembrar que não é possível recarregar o smartwatch quando no pulso. Assim, para transferir músicas do smartphone para o smartwatch é usado o app Gear Manager, na aba Meus Aplicativos > Music Player > Enviar faixas (é possível enviar em média 10 faixas em mp3 simultaneamente), ou, para quem preferir, é possível transferir suas músicas direto do pc via USB.

Câmera
Como era de se esperar, a qualidade das imagens registradas pela pequena câmera não é das melhores. Aém da baixa resolução, o pequeno sensor CMOS resulta numa menor nitidez nas fotos, nas quais também é perceptível a baixa gama de cores. Nas imagens, temos a resolução máxima de 1920 x 1080p (16:9) ou 1080 x 1080p (1:1), ajuste de foto com automático e macro, geolocalização, e foto com som, que grava até 9 segundos de áudio após o registro da foto.
Nos vídeos, resoluções 1280 x 720p (16:9) e 640 x 640p (1:1), geolocalização. Os vídeos têm, no máximo 15, segundos e os arquivos são gerados no formato 3gp. Algo interessante é a possibilidade de usar comandos de voz para iniciar uma gravação ou uma foto, como “-Sorria”.

Bateria
Uma das grandes preocupações sobre os relógios inteligentes é a bateria, uma vez que os consumidores não estão acostumados (e talvez não queiram) a precisar colocar esse acessório na tomada. Durante os testes do INFOlab, a carga da bateria aguentou 17 horas e 49 minutos de uso intenso, com brilho e volume no máximo, fazendo fotos e vídeos, recebendo notificações e reproduzindo música com fone Bluetooth pareado.
Em situações diárias, é possível que o usuário não precise recarregar o smartwatch todo dia, porém, não é má ideia deixa-lo recarregando durante a noite. Com 15% de batera o relógio exibe um alerta para recarregar a bateria e depois deste limite, não é mais possível usar a câmera. No nível crítico (5%-) o brilho da tela é diminuído automaticamente, após um tempo o smartwatch é desconectado do smartphone e não é possível usar aplicativos, transformando-se, portanto, em um relógio comum.
Samsung Galaxy Gear 2 ganha sensor de batimentos cardíacos

Vale a pena?
Visto que precisamos olhar constantemente para o smartphone durante o dia, ter um aparelho no pulso que facilita o acesso a alguns recursos realmente ajuda. Entretanto, a falta de compatibilidade com aparelhos de outras marcas é algo que prejudica o Galaxy Gear 2. Mas o aparelho é claramente superior à sua geração anterior e pode ser uma boa compra para entusiastas de tecnologias vestíveis.
Fonte: INFO Fotos: Divulgação

1 Response to "O Galaxy Gear 2 é um relógio da Samsung que tem algumas funções inteligente"

  1. Uma coisa desagradável que eu acho é a qualidade da câmera, sempre tem um problema e as imagens não ficam boas, não entendo porquê não investem nas câmeras.

    Pra quem quiser conhecer meu trabalho estou deixando dois links meus aí.

    Curso => http://www.bloginteligente.com.br/curso-traf-instantaneo-blog-a
    Hospedagem => http://www.bloginteligente.com.br/irqzero-hospedagem-blogs

    ResponderExcluir