Megamax.com                     Megamax Top                 Estilo Vip Net

Lojas confiáveis para comprar pela internet

Logo_Homepage     Logo_Homepage     Logo     Logo 120x60     logo Logo_Homepage     Logo     Logo_Homepage     Logo Avon     Logo Logo     Logo_Homepage     Logo     Logo_Homepage     Logo - Homepage

Bota para cada tipo de saia: Acerte na combinação

Se você tem receio de que a fórmula possa fracionar o seu corpo de maneira estranha, fique tranquila. O segredo está em escolher um modelo de bota.

O comprimento da saia e a altura da bota fazem toda a diferença na hora de investir na dupla que se tornou atemporal. Nos dias frios ou quentes, a parceria é infalível. De olho nisso, a Marie Claire norte-americana elegeu cinco combinações certeiras para quem deseja investir nas duas peças.

1. BOTA DE CANO CURTO + SAIA NA ALTURA DO JOELHO
Se você tem receio de que a fórmula possa fracionar o seu corpo de maneira estranha, fique tranquila. O segredo está em escolher um modelo de bota que fique bem justo às pernas, como uma espécie de meia, o efeito é de silhueta alongada, mesmo com menos pele à mostra.

2. ANKLE BOOT + SAIA MIDI
A combinação aqui é cool e ainda permite, graças ao cano curtíssimo, que um pouquinho de pele fique à mostra, criando um hi-lo de proporções bastante moderno.






3. BOTA DE CANO ALTO + SAIA MIDI
Com mood 70’s e uma pegada vitoriana, essa dupla é fashion na medida. Mas atenção às proporções: se a parte de cima for tão ampla quanto a saia, o resultado pode ser traiçoeiro e aumentar a silhueta.

4. BOTA DE CANO ALTO + SAIA LONGA
Para evitar que a barra se prenda ao calçado conforme o caminhar ou que na hora de se sentar o acabamento na parte inferior deixe a desejar, a combinação é perfeita. A qualquer movimento, as duas peças permanecerão impecáveis.

5. BOTA DE CANO ALTO + MINISSAIA
Aliar uma bota longa sem muitos detalhes a uma saia curtinha deixa o visual sexy na medida.

Fonte: revistamarieclaire  Fotos: Divulgação

0 Response to "Bota para cada tipo de saia: Acerte na combinação"

Postar um comentário